Capa

Mateusz Kusznierewicz e Bruno Prada levam o tetra da Bacardi Cup

11.03.2023  |    908 visualizações Star

De forma inédita, medalhista olímpico conquistou o campeonato internacional em 2020, 2021, 2022 e 2023

O proeiro Bruno Prada garantiu mais uma medalha para o Brasil em competições internacionais no último sábado (11). O atleta medalhista olímpico em Pequim 2008 e Londres 2012 velejou com o polonês Mateusz Kusznierewicz na classe Star e juntos conquistaram de maneira inédita o tetracampeonato da Bacardi Cup Invitational Regatta, em Miami, nos Estados Unidos.

A dupla fechou o campeonato de 2023 com 15 pontos perdidos em seis regatas e superou Eivind Melleby e Mark Strube (NOR/EUA) com 21 pontos perdidos, e Eric Doyle e Payson Infelise (EUA) com 26. A tradicional disputa da Bacardi Cup, que tem 96 anos, contou com 73 barcos da Star.

O tetracampeonato inédito na história da Bacardi Cup foi em homenagem ao velejador Gonzalo Diaz, um dos ícones da vela mundial e pai de Augie Diaz. ''Foi difícil ter nossas mentes focadas na regata, mas conseguimos administrar todas essas adversidades externas e ainda assim estamos super felizes''.

"A regata do último dia foi incrível! Tivemos um desempenho praticamente perfeito e ganhamos o quarto título. Em 96 anos, somos os primeiros a ganhar quatro campeonatos seguidos e isso é uma felicidade enorme''.

''Estou muito cansado, as disputas foram muito físicas e foquei todas minhas forças no campeonato. Muito grato por garantir meu nome mais uma vez na história do troféu e da vela", explicou Bruno Prada. 

Mateusz Kusznierewicz aprovou o desempenho da dupla após início irregular na Bacardi Cup. Das seis regatas, os tetracampeões ficaram entre os três primeiros em quatro. Mas um sétimo na prova de abertura e um 21º na penúltima quase colocaram tudo a perder.

''Foi a vitória mais difícil das quatro'', contou Mateusz Kusznierewicz. ''O nível da competição foi muito alto e as cinco melhores equipes estavam navegando de forma brilhante. Eles colocaram suas estratégias e táticas muito bem. Desta vez tivemos que lutar até o fim, mas eu gostei''.

A vela do Brasil marcou presença em mais uma edição com as duplas de Star Admar Gonzaga Neto e Ronald Seifert (25º lugar), Fábio Prada e Arthur Lopes (42º lugar), além do Fabiano Vivacqua e Massimo Canali (69º lugar).

Os brasileiros também foram representados por Samuel Gonçalves na proa do norte-americano John MacCausland, em 10º, e Pedro Trouche com o também velejador dos EUA Jack Jennings em 13º.

A Bacardi Cup Invitational Regatta teve outras classes em disputa como J-70, Melges 24, Melges 15 e VX One. Na J-70, O Three Musketeers de Alberto Guarischi, Andre Guarischi, Maurício Santa Cruz e Pedro Tinoco ficou em 18º. O Jamaica Rum de Fabio Cotrim, Jorge Zarif, Rob Paradeda e Gabriel Borges em 20º e o Mancha Negra de Mário Garcia, Henry Boening, Allan Maqueira e Pedro Mascarenhas em 30º.

A próxima edição da Bacardi Cup será realizada de 3 a 9 de março de 2024, nos Estados Unidos.

Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Flavio Perez

flavio@onboardsports.net

+55 11 99949-8035

Leia também...
16.05.2023

Alessandro Pascolato e Henry Boening velejaram ao lado de 127 barcos na Represa de Guarapiranga, em São Paulo (SP)

23.04.2023

Dupla formada pelos irmãos Leandro e Lucas Altolaguirre vence competição no Clube de Campo São Paulo - CCSP

22.04.2023

Os irmãos Leandro e Lucas Altolaguirre vencerem duas regatas e terminaram a última do dia em terceiro

21.04.2023

Duas regatas abriram o Campeonato Brasileiro de Star 2023 no Clube de Campo São Paulo (CCSP)