Capa

vela Vela Vela

Delegação brasileira pronta para Semana Olímpica de Hyères

Velejadores brasileiros em tradicional evento na França terão bicampeãs olímpicas e representantes do kitesurfe 

13.04.2022  |  248 visualizações

A CBVela - Confederação Brasileira de Vela confirmou os atletas da delegação nacional que disputarão a Semana Olímpica de Hyères, na França, de 23 a 30 de abril. O segundo evento da temporada europeia da Equipe Brasileira de Vela terá seis representantes, que serão liderados pelas atuais bicampeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze. As atletas do 49erFX ficaram na semana passada com a prata do Troféu S.A.R. Princesa Sofia, em Palma de Maiorca, na Espanha.

Na Fórmula Kite, nova modalidade para Paris 2024, os maranhenses Bruno Lobo e Maria do Socorro Reis serão os representantes do país nas regatas francesas. Na 470, os baianos Juliana Duque e Rafael Martins estão inscritos. 

A competição em Hyères é sempre usada pelos brasileiros como preparação da vela olímpica anual. Em 2017, por exemplo, Martine Grael e Kahena Kunze venceram o evento francês. Em 2021, Jorge Zarif foi ouro na Finn e Robert Scheidt bronze na Laser.  

Segundo a CBVela, o objetivo na tradicional Semana Olímpica de Hyères é seguir avaliando os melhores atletas para definir a Equipe Olímpica de Vela em Paris 2024. ''O grupo na França será muito forte e teremos a chance de ver pela primeira vez na temporada com as equipes os atletas do kitesurfe. Temos muitas expectativas para esse evento de Hyères, não só como resultado mas como evolução de treinamento e desenvolvimento de equipamentos'', explicou o gerente técnico da CBVela, Juan Sienra.

Bruno Lobo, atual campeão Pan-Americano e um dos melhores no mundo na prova, chega motivado ao evento após o nascimento do filho Isaac, na semana passada, em São Luís (MA).

O atleta mescla forte preparação física com treinos e participações em campeonatos internacionais para chegar pronto em Paris 2024. No mês passado, o representante do Fórmula Kite participou do Campeonato Asiático na Tailândia, ficando em quarto lugar.

''É minha primeira grande competição do ano. Após competir na Tailândia voltei para São Luís para seguir os treinamentos. Busco evolução depois dos treinos intensivos e vou buscar o Top-10 ou até mesmo o pódio'', explicou Bruno Lobo.''Será bastante motivante competir após o nascimento do meu filho Isaac e uma forma de homenagear toda a minha família que me apoia muito''

Os baianos Juliana Duque e Rafael Martins estão firmes na luta por uma vaga na 470, que a partir dos Jogos de 2024 passa a ser mista. O casal vem dominando a classe Snipe no cenário nacional e continental e os resultados na campanha olímpica mostram evolução da dupla.

Juliana Duque e Rafael Martins permanecem na Espanha treinando visando a temporada europeia da vela. No Troféu S.A.R. Princesa Sofía, a dupla ficou em 26º correndo na flotilha ouro. Os melhores do país no evento concluído na semana passada foram os gaúchos Rodrigo Duarte e Ana Barbachan em 13º.

''Estamos aqui em Palma desde o 23 de março. Participamos do Trofeo Princesa Sofía, que foi o nosso primeiro campeonato grande de classe olímpica. Ficamos na Flotilha Ouro e foi um ótimo treino para os próximos eventos que estão por vir'', disse Juliana Duque, que foi campeã mundial de Snipe em 2021, em São Paulo (SP).

Depois da Semana de Hyères, na França, a CBVela promoverá de de 7 a 15 de maio a Copa Brasil de Vela de Praia, em Arraial do Cabo (RJ). Em junho, na primeira semana, a entidade fará as competições de avaliação para as classes 49er Masculino e 470 Misto no Rio de Janeiro (RJ).

Brasileiros na Semana Olímpica de Hyères

Martine Grael e Kahena Kunze - 49er FX

Maria do Socorro - Kite F

Bruno Lobo - Kite M

Juliana Duque e Rafael Martins - 470 misto

Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Flavio Perez

flavio@onboardsports.net

+55 11 99949-8035

www.onboardsports.net




Leia também...
22.05.2022

Brasileiros serão representados por oito velejadores na competição de outubro, no Paraguai

15.05.2022

Competição de vela olímpica terminou neste domingo (15) com nove classes disputadas em quatro dias de evento

14.05.2022

Evento de vela olímpica reúne nove classes e vai até o domingo (15) na cidade da Região dos Lagos do Rio de Janeiro

13.05.2022

Campeonato de vela olímpica em Arraial do Cabo (RJ) chegou ao segundo dia com pouco vento