Capa

vela Vela Vela

Vela Olímpica Brasileira tem bom início de temporada europeia com o Troféu Princesa Sofia 2022

Brasileiros fecharam evento na Espanha com prata de Martine Grael e Kahena Kunze e sexto lugar de Mateus Isaac

10.04.2022  |  809 visualizações

A vela brasileira terminou a 51ª edição do Troféu S.A.R Princesa Sofía, em Palma de Maiorca, na Espanha, com bons resultados na maioria das classes. No primeiro evento da delegação no novo ciclo olímpico para Paris 2024, a equipe saiu das Ilhas Baleares com a prata de Martine Grael e Kahena Kunze na 49erFx e um sexto lugar de Mateus Isaac na iQFoil. A tradicional competição espanhola foi marcada por ventos fortes e muito frio, fatores não comuns para a época do ano na região.

A delegação brasileira contou com 12 representantes nas classes 49erFX, ILCA, iQFoil, Nacra 17 e 470 misto, todas categorias confirmadas no calendário olímpico de Paris 2024. A competição espanhola conta com mais de 700 equipes representando mais de 50 nações de todo o mundo.

As bicampeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze chegaram na medal race com chances, mas não conseguiram superar as holandesas Odile Van Aanholt e Annette Duetz, que ficaram com o ouro na 49erFX, com 51 pontos. A prata foi comemorada pela dupla, que fez 61 pontos, e o bronze ficou para as italianas Jana Germani e Giorgia Bertuzzi, com 69.

Já Mateus Isaac, terceiro do planeta na iQFoil, ficou na sexta colocação no geral, novamente velejando de igual para igual na prancha. O ouro ficou com o britânico Andrew Brown. 

''A delegação do Brasil fez um bom desempenho e soube lidar com os ventos forte e frio. O Brasil conseguiu destaque com uma medalha de prata e com o sexto do Mateus Isaac. Nossa avaliação é que tivemos um bom desempenho e uma longa estrada pela frente, mas foi muito positivo essa fase da seleção brasileira. O objetivo agora é continuar trabalhando'', disse Juan Sienra, gerente técnico.

Os próximos eventos da vela olímpica brasileira são a Semana de Hyeres, na França, no fim de abril, e a Semana Olímpica de Medemblik, nos Países Baixos, no início de maio. Já a nova geração terá de 7 a 15 de maio a Copa Brasil de Vela de Praia, em Arraial do Cabo (RJ).

Resultados - https://www.trofeoprincesasofia.org/es/default/races/race-resultsall

Resultados em Palma de Maiorca

Martine Grael e Kahena Kunze | 49er FX - 2º

Julia Carreirão | ILCA 6 - 82º

Mateus Isaac | iQFoil M - 6º

Giovanna Prada | iQFoil F - 27º

Bruna Martinelli | iQFoil F - 47º

João Siemsen e Marina Arndt | Nacra 17 - 12º

Rodrigo Duarte e Ana Barbachan | 470 misto - 13º

Juliana Duque e Rafael Martins | 470 misto - 26º

Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Flavio Perez

flavio@onboardsports.net

+55 11 99949-8035

www.onboardsports.net

Leia também...
22.05.2022

Brasileiros serão representados por oito velejadores na competição de outubro, no Paraguai

15.05.2022

Competição de vela olímpica terminou neste domingo (15) com nove classes disputadas em quatro dias de evento

14.05.2022

Evento de vela olímpica reúne nove classes e vai até o domingo (15) na cidade da Região dos Lagos do Rio de Janeiro

13.05.2022

Campeonato de vela olímpica em Arraial do Cabo (RJ) chegou ao segundo dia com pouco vento