Capa

Escolinha

Representatividade feminina ganha destaque na Escolinha de Triathlon

Busca pela igualdade de gênero é um dos focos de ação do projeto, referência na educação por meio do esporte, em Curitiba

31.03.2022  |  105 visualizações

A representatividade feminina no esporte ganhou ainda mais destaque neste ano, na Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Uma das principais missões do projeto, referência na educação por meio do esporte, é a igualdade de gêneros, tanto entre alunos como na equipe técnica. Missão que está perto de ser alcançada.

Nos seis núcleos de Curitiba em parceria com a prefeitura, as meninas já somam 40% do total de alunos. A meta é chegar aos 50% ainda este ano. Na equipe de professores, quatro unidades são comandadas ou contam com o apoio das mulheres. No núcleo Oswaldo Cruz, os treinos são dados pela professora Jéssica Rodrigues e a estagiária Alice Tinelli. A professora Anaelise está à frente do núcleo Santa Felicidade. E as estagiárias Paola Cordeiro e Maiara Aguiar auxiliam os professores dos núcleos Boqueirão e CIC, respectivamente.

"Nas aulas, temos o cuidado de jamais subestimar a capacidade das meninas e demonstrar que, com características diferentes, todos têm suas qualidades e devem trabalhar juntos. Também procuramos sempre passar para as crianças a noção de comunidade no ambiente familiar, com cada um, pai, mãe, irmão e irmã, tendo suas funções, sem discriminação. Não existe trabalho só de homem ou só de mulher", destaca o coordenador Ricardo Júnior Cardoso.

O trabalho da Escolinha está alinhado com o quinto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, que aponta para a busca pela igualdade de gêneros. Faz parte desse objetivo o combate de todas as formas de assédio e violência contra as mulheres. No total, 17 ODS integram a Agenda 2030 da ONU, voltada para a redução das desigualdades no mundo.

 

Exemplo que vem de casa

O triathlon é uma paixão compartilhada por três gerações da família Fischler, em Curitiba, e mostra que a igualdade de gênero é uma lição que pode ser aprendida desde cedo. Avó dos alunos Guilherme e Eduardo Fischler Andraski do Santos, de 11 e 8 anos respectivamente, Elieusa sempre foi uma esportista. Ginasta olímpica na infância, fisiculturista já após os 50 anos, decidiu se desafiar na modalidade e fez disso um projeto em conjunto com a filha, Thaisa, personal trainer.

"Eu ainda não fiz um triathlon, mas estou treinando muito para isso. Participei de um duathlon com meus netos, larguei junto com ele e foi incrível", conta Elieusa, de 57 anos, uma das inspirações dos meninos.

"O triathlon é uma meta, um sonho meu e da minha mãe. Estamos nos preparando psicologicamente há mais ou menos um ano. Minha mãe, principalmente, treina todos os dias desde novembro. É um exemplo de disciplina", complementa Thaisa. "Como começamos a acompanhar muitas coisas sobre a modalidade, conheci a Escolinha de Triathlon no Instagram e inscrevi meus filhos. E eles estão amando."

Ligados pelo triathlon, avó e netos estão sempre juntos em treinos e momentos de lazer. "Tento passar para os meninos que, mais importante do que vencer, é estar sempre junto com a família e cuidar uns dos outros, da saúde. O fato de estarem sempre junto comigo e minha filha acaba sendo um grande incentivo. Mas acredito que eles não fazem distinção entre mulheres e homens praticando esportes. Os dois veem tanto a avó, como a mãe e o tio se exercitando, estão crescendo com a noção de que é o normal", destaca Elieusa.

 

Metas da Agenda 2030 na Escolinha

A formação de crianças e adolescentes por meio do esporte é a principal missão da Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Mais do que as técnicas do nada, pedala e corre, a equipe técnica segue diretrizes pedagógicas para orientar os triatletas mirins em questões como organização pessoal, disciplina e respeito aos pais e professores.

Essas diretrizes também estão de acordo com os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, a ONU, com a qual o projeto está comprometido. A Escolinha busca atingir esses objetivos de forma individual, com ações de conscientização com os alunos, e coletiva. Faz parte do projeto o compartilhamento dos equipamentos de treino, a preocupação com uma educação escolar de qualidade, adoção da igualdade de gêneros no número de alunos e professores.

 

Formando Campeões

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões, iniciada há seis anos em Curitiba (PR), é hoje um modelo de formação da modalidade no País. Idealizado pelo atleta olímpico curitibano Juraci Moreira, contempla 660 crianças e adolescentes em 15 núcleos espalhados por Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Distrito Federal e Ceará.

O Paraná conta com sete núcleos, seis deles em espaços mantidos pela Prefeitura Municipal de Curitiba: Boqueirão, Centro, CIC, Cajuru, Boa Vista e Santa Felicidade, em espaços mantidos pela Prefeitura de Curitiba. Juntos, os seis núcleos atendem 240 alunos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões é viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, programa da Secretaria Especial do Esporte, Ministério da Cidadania e Governo Federal com a execução da Federação Paranaense de Triathlon, com apoio da Prefeitura Municipal de Curitiba. A Volvo é a patrocinadora exclusiva do projeto nos núcleos da prefeitura.

 

Curta a Fã page - Escolinha de Triathlon - Formando Campeões

------------

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Juliana Leite 
juliana@onboardsports.net | redacao@onboardsports.net
+55 11 99119-8185
www.onboardsports.net

Leia também...
16.05.2022

Alunos dos seis núcleos mantidos em parceria com a prefeitura de Curitiba mostraram dedicação e talento na prova disputada no litoral paranaense, neste domingo (15)

13.05.2022

Escolinha de Triathlon Formando Campeões programa uma série de simulados da modalidade nos seis núcleos em parceira com a prefeitura

17.12.2021

Projeto encerra a sexta temporada no Paraná com 300 crianças e adolescentes praticando a modalidade em sete núcleos

01.12.2021

Projeto conta com apoio de profissionais da área da nutrição para orientar alunos e familiares