Capa

Escolinha

Inovações e adesão maciça das crianças marca ano da Escolinha de Triathlon em Curitiba

Projeto encerra a sexta temporada no Paraná com 300 crianças e adolescentes praticando a modalidade em sete núcleos

17.12.2021  |  210 visualizações

Resiliência foi a palavra de ordem na Escolinha de Triathlon Formando Campeões em 2021. Driblando a pandemia de coronavírus, o projeto manteve os alunos em movimento com uma série de inovações, entre aulas ao vivo na internet e novos tipos de exercícios, mantidos mesmo com a volta dos treinos presenciais. O resultado, para além da evolução física, foi a adesão maciça dos triatletas mirins e o fortalecimento da relação com familiares e professores.

Mais de 600 crianças e adolescentes praticam o triathlon nos 15 núcleos da Escolinha espalhados pelo Brasil. Entre elas, 300 estão nas sete unidades de Curitiba, cidade natal do projeto. No núcleo de Santa Felicidade, o triathlon já foi inserido na rotina familiar, com pais e mães muito presentes nos treinos das crianças.

"A mudança do estilo de vida sedentária para a prática de hábitos saudáveis é sentida tanto no emocional como fisicamente, e os benefícios têm sido significativos na vida dos alunos e também dos seus pais", destaca a professora Ana Elisa Kozievitch.

A transformação social por meio do triathlon, com mudanças no comportamento das crianças, foi uma das grandes conquistas do projeto, apontada pelos professores do núcleo Cajuru. "Estamos numa área mais carente da cidade de Curitiba. Aqui, o esporte faz uma grande diferença na vida das crianças, trazendo inclusão e aprendizado. Neste ano, pudemos ver claramente a evolução no comportamento delas, com assimilação de noções de regras, organização individual e coletiva", explica o professor Rodrigo Rodrigues. "Além de bons atletas, estão se tornando bons cidadãos."

 

Escolinha de Triathlon no pódio

Com a sensação de desafio cumprido, os professores do projeto viram um número recorde de mais de 100 alunos disputando o Campeonato Brasileiro Infantil, no final de dezembro. Para vários deles, era a primeira experiência numa competição oficial, a primeira vez nadando no mar.

"Todos conseguiram completar a prova com êxito, nos deixando muito satisfeitos como professores. Apesar do ano difícil, conseguimos terminar com a certeza de que entregamos nosso melhor aos alunos e eles a nós", comemora a professora Jéssica Rodrigues, do núcleo Oswaldo Cruz.

Mesmo sem caráter competitivo, o projeto encerrou a temporada com 25 alunos no pódio do Brasileiro Infantil. Foi o caso de Arthur Pereira Morer, do núcleo Boqueirão, vice-campeão na categoria 12 a 13 anos. "O Arthur entrou para a Escolinha neste segundo semestre, e em muito pouco tempo já colheu os frutos do empenho da equipe. Isso mostra que o nosso projeto, que começou como uma sementinha, já traz uma grande evolução entre os alunos", aponta o professor Rodolfo Desinho, do núcleo Boqueirão.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões encerra sua sexta temporada com sete núcleos em Curitiba, seis deles em espaços mantidos pela prefeitura, oito professores, sete estagiários e mais de 300 crianças e adolescentes. Além da turma de iniciação ao esporte, o projeto conta com uma equipe de pré-alto rendimento e uma de alto rendimento, a Seleção Escolinha de Triathlon.

 

Metas da Agenda 2030 na Escolinha

A formação de crianças e adolescentes por meio do esporte é a principal missão da Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Mais do que as técnicas do nada, pedala e corre, a equipe técnica segue diretrizes pedagógicas para orientar os triatletas mirins em questões como organização pessoal, disciplina e respeito aos pais e professores.

Essas diretrizes também estão de acordo com os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, a ONU, com a qual o projeto está comprometido. A Escolinha busca atingir esses objetivos de forma individual, com ações de conscientização com os alunos, e coletiva. Faz parte do projeto o compartilhamento dos equipamentos de treino, a preocupação com uma educação escolar de qualidade, adoção da igualdade de gêneros no número de alunos e professores.

 

Formando Campeões

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões, iniciada há seis anos em Curitiba (PR), é hoje um modelo de formação da modalidade no País. Idealizado pelo atleta olímpico curitibano Juraci Moreira, contempla 660 crianças e adolescentes em 15 núcleos espalhados por Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Distrito Federal e Ceará.

O Paraná conta com sete núcleos, seis deles em espaços mantidos pela Prefeitura Municipal de Curitiba: Boqueirão, Centro, CIC, Cajuru, Boa Vista e Santa Felicidade, em espaços mantidos pela Prefeitura de Curitiba. Juntos, os seis núcleos atendem 240 alunos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões é viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, programa da Secretaria Especial do Esporte, Ministério da Cidadania e Governo Federal com a execução da Federação Paranaense de Triathlon, com apoio da Prefeitura Municipal de Curitiba. A Volvo é a patrocinadora exclusiva do projeto nos núcleos da prefeitura.

 

Curta a Fã page - Escolinha de Triathlon - Formando Campeões

------------

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Juliana Leite 
juliana@onboardsports.net | redacao@onboardsports.net
+55 11 99119-8185
www.onboardsports.net

Leia também...
16.05.2022

Alunos dos seis núcleos mantidos em parceria com a prefeitura de Curitiba mostraram dedicação e talento na prova disputada no litoral paranaense, neste domingo (15)

13.05.2022

Escolinha de Triathlon Formando Campeões programa uma série de simulados da modalidade nos seis núcleos em parceira com a prefeitura

31.03.2022

Busca pela igualdade de gênero é um dos focos de ação do projeto, referência na educação por meio do esporte, em Curitiba

01.12.2021

Projeto conta com apoio de profissionais da área da nutrição para orientar alunos e familiares