Capa

vela Vela

Prata nos Jogos Pan-Americanos Júnior de Cali, Giovanna Prada ganha confiança para a sequência do ciclo olímpico

Além da atleta de IQFoil feminino, Márcio Santos e Pedro Madureira também fazem boa campanha representando a vela brasileira e ganham experiência internacional em Cali

06.12.2021  |  222 visualizações  |  anexos

No último sábado (04), a vela brasileira encerrou sua participação nos Jogos Pan-Americanos Júnior de Cali 2021 e o saldo foi positivo com uma boa campanha na Colômbia. Estavam representando o país Giovanna Prada, no IQFoil feminino, que conquistou a prata, Márcio Santos, 4º colocado no IQFoil masculino, e Pedro Madureira, que disputou as regatas na classe ILCA 7 e terminou no 10º lugar.

Na disputa do IQFoil feminino, foram realizadas nove regatas no Calima, o maior lago artificial do país sul-americano e do continente americano, com uma área de 70 km². Giovanna Prada terminou com 14 pontos, apenas cinco a mais do que a medalhista de ouro Mariana Aguilar, do México, que somou nove pontos.

“Os Jogos de Cali foram os meus últimos na categoria juvenil. Meu objetivo era conquistar uma medalha, então saio da competição com a sensação de dever cumprido”, disse a velejadora brasileira.

"A Mariana já está entre as 10 melhores do mundo, a Bryn Muller, dos Estados Unidos, é muito rápida e a argentina Celina Saubidet foi 6ª colocada nas Olimpíadas da Juventude em 2018. Foi uma flotilha com velejadoras bem fortes!", analisou a medalhista de prata em Cali. 

Com a vitória, Mariana Aguilar garantiu uma vaga no Pan-Americano de 2023, em Santiago, no Chile. Na vela, apenas os medalhistas de ouro garantiam vaga na competição.

No entanto, segundo Giovanna, a boa campanha na Colômbia valeu para ganhar confiança no atual ciclo olímpico. A atleta brasileira ainda mira uma vaga no Pan 2023 e em Paris 2024, que terá pela primeira vez a classe IQFoil no programa olímpico da vela.

"A medalha me motiva e abre algumas portas. Dois dias depois de ganhar a medalha, já estou embarcando para Puerto Madryn, na Argentina, para disputar o Sul-Americano. 2022 será um ano importantíssimo de evolução", contou Giovanna. 

Além dos atletas, a delegação brasileira contou com a presença em Cali de Jônatas Gonçalves como chefe de equipe e de Henry Boening 'Maguila' como treinador. A participação brasileira em Cali teve apoio da Confederação Brasileira de Vela (CBVela) e do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

"A participação da vela brasileira atingiu as nossas metas. Conseguimos proporcionar vivência em um grande evento internacional dentro de uma missão oficial do Time Brasil para jovens atletas", disse Jônatas Gonçalves, chefe de equipe na Colômbia.

"Levamos atletas com faixa etária bem baixa e que estão se destacando no cenário nacional pelas classes olímpicas, com foco em termos mais experiência nos próximos eventos do Time Brasil e da própria modalidade", explicou Jônatas. 

Com a experiência em um grande evento internacional, o chefe de equipe em Cali já enxerga evolução nos atletas brasileiros.

"Sem dúvidas saímos mais fortes da Colômbia. A experiência e o treino fortalecem os atletas. Conseguimos bons resultados nas regatas graças a um excelente trabalho dos treinadores que acompanham e formam estes jovens diariamente nos seus clubes", finalizou o chefe de equipe em Cali. 

Brasil é o primeiro colocado no quadro de medalhas em Cali

Todas as modalidades disputadas nos Jogos Pan-Americanos Júnior de Cali 2021 são olímpicas e também estão presentes no programa dos Jogos Pan-Americanos de 2023. O evento servia como classificação para o Pan de Santiago. No entanto, essa não foi a última chance para garantir uma vaga nos Jogos.

Com 164 pódios, o Brasil encerrou os Jogos de Cali 2021 como líder do quadro de medalhas. Ao todo, foram 59 medalhas de ouro, 49 de prata e 56 de bronze, além de 77 vagas conquistadas de forma antecipada para os Jogos Pan-americanos Santiago 2023, no Chile.

O evento contou com 32 modalidades ao todo e teve duração de 10 dias, sendo realizado de 25 de novembro a 5 de dezembro, na Colômbia.

Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Tem o Bradesco como patrocinador oficial, e o Grupo Energisa como parceiro oficial e patrocinador da Vela Jovem. A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Flavio Perez

katarine@onboardsports.net | flavio@onboardsports.net

+55 11 99949-8035

www.onboardsports.net

Leia também...
19.01.2022

Evento acontece entre os dias 4 e 6 na Região dos Lagos do Rio de Janeiro e promete colorir a Lagoa de Araruama

18.01.2022

Competição nacional irá selecionar os velejadores da seleção brasileira sub-19 e acontece até o próximo sábado (22)

18.01.2022

Competição de base da vela nacional foi disputada no Cabanga Iate Clube, em Maria Farinha (PE)

11.01.2022

Classes Optimist, 29er, 420, ILCA Laser e Snipe promovem disputas nacionais no primeiro mês do ano